SUTIS SUBSTÂNCIAS

COREOGRÁFICAS

DA ARQUITETURA

Aprender a pensar a arquitetura a partir das mínimas matérias presentes no espaço. Cada matéria tem sua força coreográfica, agindo sobre o espaço, conduzindo, com mais ou menos força, suas dinâmicas. Uma pedra. Uma goteira. Um chão de concreto. A terra. Buracos no muro. O fluxo do vento. A trajetória da luz do sol. As pichações. As cores. As formas predominantes. A permeabilidade. A predominância de determinadas substâncias. A ausência de outras. O fogo do Povo da Rua. Desenvolver tecnologias de conversa entre matérias. Encontrar um caminho para o projeto arquitetônico a partir dessas conversas. Aprender com Lina Bo Bardi, aprender com os Povos Indígenas, aprender com Hélio Oiticica, aprender com os quilombolas, aprender a ciência milenar do Feng Shui e com toda Gaia Ciência.